CPI da COVID-19 avança com depoimento polêmico e controverso de Mayra Pinheiro “Capitã Cloroquina”

Hoje (25/05/2021), em depoimento a CPI da PANDEMIA, a Mayra Pinheiro “Capitã Cloroquina”, secretária do Ministério da Saúde. Sob uso de um habeas corpus, tendo o direito de não se incriminar, silenciando-se em algum momento que não se sentisse confortável em responder as perguntas.

Em grande embate sobre suas opiniões e suas atitudes, quando atuou na gestão da secretaria do Ministério da Saúde. Afirmando publicamente e defendendo o uso da medicação preventiva contra a COVID-19, como Hidroxicloroquina, Cloroquina, Ivermectina etc.

Segue abaixo, algumas das afirmações polêmicas da depoente,
que foram debatidas e contestadas pelos senadores na tarde de hoje.

“Toda doença deve ser tratada precocemente”, diz secretária.

Fonte: RECORD NEWS

“Medicamentos não curam a COVID, mas reduzem mortes”, diz secretária.

Fonte: RECORD NEWS

“O Brasil não é obrigado a seguir orientação da OMS”, diz secretária.

Fonte: RECORD NEWS

“Lockdown foi adotado muitas vezes de forma inadequada”, diz secretária.

Fonte: CNN BRASIL

A pouco o jornal Folha de São Paulo acaba de publicar também um trecho onde o Senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP) indaga a depoente sobre um audio que circulou nas redes sociais, e segundo ela se trata de uma conversa que ocorreu antes da sua posse na secretaria do Ministério da Saúde.

Nesse trecho Mayra Pinheiro comenta sobre sua afirmação em áudio sobre “pênis na porta da Fiocruz”

Em depoimento afirma que um áudio vazado com críticas à Fiocruz é anterior ao momento que assumiu o cargo. Mayra disse no áudio, que foi divulgado na sessão pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), que a Fiocruz tem poder para direcionar a saúde no Brasil, mas que estava duramente influenciada por ideologias de esquerda.

“A Fiocruz é um órgão ligado ao Ministério da Saúde e trabalha contra todas as políticas que são contrárias à pauta deles de minorias. Tudo deles envolve LGBTI. Eles têm um pênis na porta da Fiocruz. Todos os tapetes das portas são a figura de Che Guevara. As salas são figurinhas do Lula Livre, da Marielle vive”

declarou no áudio.

E por fim, uma das maiores incongruências levantadas pelos senadores e comissão da CPI da Pandemia, através da equipe de checagem e levantamento de informações, foi quando perguntada sobre a falta de abastecimento de oxigênio em Manaus.

Fonte: Estadão

Finalizando esse artigo desse depoimento polémico e controverso deixamos abaixo o depoimento completo da Mayra Pinheiro, secretária do Ministério da Saúde – 25/5/2021 | CPI da Pandemia.

Fonte: TV Senado

TV informa | You tube | Instagram | Facebook

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s