Com perda de vacinas, Prefeitura de Igarapé suspende vacinação contra a Covid-19; entenda o caso

Nesta segunda-feira (15), uma suposta pane elétrica atingiu um dos refrigeradores de armazenamento das vacinas contra a Covid-19 no município de Igarapé, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Reprodução: Comunicação Igarapé

O problema ocorreu no fim de semana, mas se tornou público apenas nesta segunda, por meio de comunicado feito pela prefeitura da cidade.

Procurada pelo TV Informa, a acessoria de comunicação de Igarapé confirmou a perda de 229 doses da Coronavac e, consequentemente, suspendendo a vacinação no município.

O problema com as vacinas foi um prato cheio para que opositores políticos que perderam a eleição utilizasse isso a favor.

Em um vídeo que circula nas redes sociais, Alex Da Lila, ex-candidato a vice-prefeito da cidade nas últimas eleições aparece em frente a Policlínica da cidade revoltado com o ocorrido e acaba indagando que se as doses fossem roubadas seria melhor:

“Porque não tinha uma pessoa ai dentro [policlínica] para aferir a temperatura? Se alguém pudesse roubar era menos mal, pelo menos ele iria vender e iria vacinar alguém. Agora todo mundo some. A gente avisa, a gente fala…”

CONFIRA A NOTA ENVIADA PELA PREFEITURA DE IGARAPÉ SOBRE A PERDA DAS VACINAS:

“O município de Igarapé, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, perdeu 229 doses da vacina Coronavac, contra a Covid-19, devido a uma pane em um dos três refrigeradores da sala de vacinas, localizada na Policlínica Inácio Caetano de Andrade, no centro da cidade. O problema ocorreu nesse último fim de semana e só foi constatado na manhã desta segunda-feira, 15, quando as funcionárias da equipe de vacinação iniciaram seu turno de trabalho e verificaram que o equipamento estava com temperatura alterada, registrando 36,6 graus, quando não deveria passar de 8 graus. Segundo o secretário municipal de Saúde, Leonardo Barberá, a Prefeitura acionou imediatamente a empresa responsável pela

manutenção do equipamento para diagnosticar onde ocorreu o problema. E também pediu a colaboração das polícias Militar e Civil para identificar possíveis
responsáveis.

Ele adiantou que o técnico da empresa, após vistoria no equipamento, verificou defeito raro no termostato do refrigerador, que, segundo informou, em mais de 30 anos de trabalho e mais de 500 manutenções, constatou apenas cinco semelhantes até hoje.

Doses

O município recebeu do Governo de Minas três lotes com os imunizantes contra a covid-19, sendo 210 doses da vacina Astrazeneca, aplicadas em sua totalidade, e 604 doses da vacina Coronavac – 402 destinadas à aplicação de primeiras doses e 202 para a segundas doses.

Do total de doses de Coronavac, até a sexta-feira passada, já tinham sido aplicadas 375 doses, sendo que 284 pessoas no município já tinham recebido a primeira dose da vacina e outras 91 tiveram o ciclo de imunização concluído com a aplicação da segunda dose.

“Esta situação deixou todos nós da administração municipal totalmente consternados. Estamos empenhados no combate à covid-19 em nossa cidade e o ocorrido interrompeu nossa campanha de vacinação”, afirmou o secretário. Barberá informou que o prefeito Arnaldo Chaves já fez contato com o Governo do Estado solicitando a reposição emergencial das vacinas. E deverá se reunir com representantes da Secretaria de Estado da Saúde para tratar do assunto nos próximos dias.”


Por: André Santos | @dehsantos.oficial

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s