B.1.1.7 – o que já se sabe sobre a variante da Covid-19

Surgiu no Reino Unido uma nova cepa da Covid-19 resgistrada como B.1.1.7.

*imagem ilustrativa

No dia 31 de dezembro de 2020 o laboratório de diagnóstico Dasa informou que encontrou dois casos da nova variante da Covid-19 em dois pacientes internados em São Paulo.

A variante já foi encontrada em pelo menos 17 países e possui mutações que afetam a maneira como vírus se fixa nas células humanas e é 56% mais contagiosa que a Covid-19.

Algumas dúvidas ainda pairam sobre a nova cepa da doença. Não há evidências de que a variante cause casos mais graves ou com maior números de mortes e nem mesmo que seja resistente às vacinas.

O que se sabe de imediato é que a transmissão da B.1.1.7 é mais rápida que a Covid-19, o reflexo disso é que a nova cepa representa mais de 50% dos novos casos na Inglaterra.

Em Manaus, médicos e enfermeiros já acreditam estarem lidando com a nova cepa do vírus. Por lá, há poucos leitos e o sistema de saúde entrou em colapso novamente, resultando na volta de contêiner para colocar corpos.

Os resultados mais precisos onde teremos melhores respostas sobre a nova variante da Covid-19 será divulgada nesta segunda (04) pelo Instituto Adolfo Lutz.

Por: André Santos | Instagram: @dehsantos.oficial

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s