Cássio Silveira, a nova vítima da intolerância

Por: Dohler Júnior

Foto: Facebook da vítima


Na madrugada deste domingo (2), um jovem que atendia pelo nome de Cássio Silveira, 18 anos, foi assassinado a tiros na Praça Miguel Henriques da Silva, cidade de Igarapé – MG.

Segundo a Polícia Militar do município que atendeu a ocorrência, foi efetuado cinco disparos contra o jovem por um homem ainda não identificado, Cássio foi levado a UPA, mas, infelizmente não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Testemunhas informaram a PM que a motivação foi uma possível discussão entre Cássio e o assassino, que após a execução fugiu em uma motocicleta.

O corpo do jovem de 18 anos foi encaminhado ao IML e a ocorrência será investigada pela polícia.

OPINIÃO

Isso mesmo, 18 anos! Um jovem de 18 anos teve a vida interrompida por alguém que não sabe conversar, por uma pessoa que acha que a melhor opção a se fazer é matar para aniquilar aquilo que não te convém.

A intolerância mais uma vez se fez presente, onde o diálogo passou longe, o sangue esquentou e a única opção vista pelo assassino foi tirar a vida de uma pessoa.

Eu estou revoltado, qual foi?? As pessoas esqueceram que temos uma boca e ela foi feita para falar, dialogar, conversar, expor opiniões? Onde irá parar uma geração que acha que a única forma de eliminar seus problemas será usando uma arma e eliminando uma vida… Afinal, uma vida não tem mais valor?

Infelizmente esse é mais um caso na “pacata” cidade Igarapé, onde o crime acontece, e apenas entrará para as estatísticas do país, em que um jovem foi assassinado e possivelmente ficará sem resposta.

Igarapé está longe de ser uma cidade “pacata”, a cidade virou uma zona de guerra, onde quem é de bem paga pelos erros de um governo que não acolhe os seus jovens, onde a educação está cada vez mais distante.

Vale ressaltar algo, o crime na cidade está tão visível, que o assassinato ocorreu no centro, na praça do município, então deixo uma pergunta, onde estava o policiamento na área do ocorrido onde várias famílias vão para descontrair? Onde estava a ronda policial no momento do fato?

É triste escrever uma notícia dessas sobre uma cidade tão importante para o estado mineiro, então, deixo aqui uma pergunta que todos os cidadãos de Igarapé estão se perguntando:

QUEM MATOU CÁSSIO SILVEIRA ?


* Esta é uma opinião do autor da matéria e não um posicionamento do site.

Categorias:TVI NOTÍCIAS

4 respostas

  1. Cheguei na praça por volta das 21:30, fiquei lá até depois do ocorrido, escutei os disparos, eu não vi um policial fazendo ronda no período que estava lá, viatura muito menos.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Emgraçado que todo.mundo agora quer cobrar da polícia
    Mais o culpado mesmo da cidade estar nesse abandono é o prefeito.
    A polícia tem uma cidade inteira e varias outras p vigiar,então se naquele momento nao tinha viatura ou policia naquele lugar,nao significa que eles estavam atoa como algumas pessoas dizem,ou poderiam estar em outras ocorrencias.
    Só acho q as pessoas gostam de julgar ao invés de ir até a cabeça da cidademudança mudanças!

    Curtir

    • Se expressou bem caro leitor. Convenhamos sim que a polícia tem outras ocorrências.

      Mas o fato é, a Praça Miguel Henriques, principal praça da cidade de Igarapé é a que mais têm ronda policiais, e durante a noite sempre há policiais a disposição no local.
      Porque ontem não havia? E se tivesse, porque não prenderam o culpado?
      A delegacia de Policia Militar da cidade fica há menos de 500 metros do ocorrido, como passou tão despercebido depois de cinco disparos?

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s